Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região

Ações simultâneas buscam redescoberta do Centro de Fortaleza

Em um convite ao redescobrimento do Centro de Fortaleza, a Justiça Federal no Ceará (JFCE) foi inserida na programação da 5ª edição do Festival Concreto - Festival Internacional de Arte Urbana, que finalizou sua programação na última sexta-feira, 24/11. Na proposta do evento, os muros do estacionamento da JFCE transformaram-se em um grande mural para diversos artistas participantes da ação "Intervenção Urbana (muros)" e dos projetos "Tiras Urbanas" e "Muralistas Sonoros, Sonoros Muralistas".

Do papel para os muros -  O Projeto Tiras Urbanas, novidade dessa edição, traz a arte das páginas dos jornais e revistas para os muros da cidade. Com idealização do artista Narcélio Grud e a curadoria do cartunista e jornalista Carlos Henrique Santos, o Guabiras, a ação contou com os trabalhos dos quadrinistas Renan César (SP), Rodolfo Camelo (CE), Rodrigo Brum (RN), Thyago Cabral, o Thyagão (CE), além do próprio Guabiras (CE), que criaram uma série de tirinhas, algumas inéditas e outras já premiadas, a serem espalhadas pela cidade de Fortaleza durante o Festival, através da técnica de lambe-lambe (pôster artístico de tamanho variado colado em espaços públicos).

Tiras Urbanas - Foto: Lago Barreto - DifusorArtFilms Transeuntes apreciam artes no muro da JFCE

"A localização da parede do estacionamento da Justiça Federal é privilegiada dentro do contexto do Centro. É uma parede que permite um acesso a três vias. É quase um quarteirão de visibilidade. E isso é um ponto importante no sentido da democratização da arte, pois a quantidade de pessoas que ali passa todo dia é enorme. Por mais que essa arte esteja em museus, festivais e envolvidas com grandes marcas, ainda sofre discriminação. A parceria com a JFCE demonstra uma abertura com instituições, geralmente, taxadas como conservadoras. Significa romper barreiras e fronteiras", destaca Narcélio Grud.

Som e cor -  O projeto "Muralistas Sonoros, Sonoros Muralistas", a seu turno, reflete a característica multifacetada e interligada do Festival Concreto. Também inédita, a ação envolveu artistas com reconhecimento na área da música, como Fernando Catatau (CE) e Wado (AL), que ousam ao experimentar cores e formas em murais, criando intervenções lançadas no universo das artes visuais.

 Artista: Catatau / Foto: Lago Barreto - DifusorARTFilms  Artista: Wado / Foto: Lago Barreto - DifurARTFilms

Outros artistas também participaram da composição artística do muro da JFCE na ação de "Intervenção Urbana (muros)", como Hudson Melo (PI); Givago Ylhtner, o Ioda (CE); Kajaman (RJ); Thyago Cabral, o Thyagão (CE), e Cassius Marcellus Sena do Vale, o Ksin (CE).

Artista: Kajaman / Foto: Lago Barreto - DifusrARTFilms Artista: Hudson Melo - Foto: Lago Barreto - DifusorARTFilms

O Festival Concreto - Festival Internacional de Arte Urbana é uma realização da Amplitude - Escola de Arte Urbana, Flexos Artes e do Instituto Ambiente Cultural e Inclusão Social (IACIS) e conta com apoio da Oi Futuro, Goethe Institut, Instituto Dragão do Mar e Porto Iracema das Artes. Com o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará através de Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT) e parceria com Viva o Centro, Instituto Iracema e Secretaria de Cultura de Fortaleza (SECULTFOR), o evento foi idealizado pelo artista Narcélio Grud. O Festival Concreto é o primeiro Festival Internacional de Arte Urbana realizado no Nordeste, com destaque e reconhecimento nacional e internacional, reunindo a cultura urbana de sete países das Américas e Europa.

Artista: Ioda / Foto: Anderson Andre - DifusoARTFilms  Artista: Ksin / Foto: Lago Barreto - DifurARTFilms

 

Top