Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região

Mutirão contabiliza 70% de acordos fechados


Durante o período de 18 a 22 de setembro, a Justiça Federal no Ceará (JFCE) e a Caixa Econômica Federal (CEF) realizam mutirão de conciliação de contratos habitacionais. Ao todo, foram enviados convites a 2.613 contratantes, com intuito de negociar pendências e evitar o início de ações judiciais, uma vez que essas conciliações têm natureza pré-processual.

O Coordenador da Central de Conciliações da JFCE, juiz federal Dartanhan Rocha, destacou a importância do mutirão. “Essas audiências pré-processuais além de evitar que se ingresse com novas ações no Judiciário, geram uma solução rápida e satisfatória para ambas as partes”, pontuou. O mutirão, que teve início na segunda-feira (18), já contabiliza 70% de acordos fechados nesses três primeiros dias.

O Coordenador da Central de Conciliações da JFCE, juiz federal Dartanhan Rocha, destacou a importância do mutirão em entrevista concedida a uma emissora de televisão. Charles Barbosa e sua esposa regularizaram o financiamento da casa própria no mutirão. “Foi um acordo excelente. Veio na hora certa”, comemorou.

Charles Barbosa participou do mutirão de conciliações de contratos habitacionais. Ele e sua esposa negociaram a dívida do contrato de financiamento da casa própria com a Caixa Econômica Federal e regularizaram a situação do imóvel. “Foi um acordo excelente. Veio na hora certa”, comemorou. As propostas de acordo podem dispensar multas e juros, de todo o período em atraso, permitindo também o parcelamento dos valores. Além disso, o FGTS pode ser utilizado para quitar até 80% do valor das prestações pendentes. Por dia, estima-se que as equipes de conciliação da JFCE e CEF façam mais de 500 audiências de conciliação.

 


Os cidadãos que estiverem em situação semelhante podem procurar sua agência da Caixa para negociar ou solicitar participação nas conciliações.

Top