JFCE Sustentável

Olá! 

 

Você está no Portal “JFCE Sustentável”, uma área de referência no site da Justiça Federal no Ceará para o compartilhamento de ações e informações acerca do meio ambiente e da sustentabilidade.

Os principais objetivos deste Portal são o estímulo à reflexão e à mudança dos padrões de compra, consumo e gestão documental no Poder Judiciário; a sensibilização e o engajamento dos servidores na construção de ambientes mais saudáveis; a promoção da qualidade de vida no trabalho; bem como o incentivo à participação cidadã na formulação de projetos e programas sustentáveis para o Judiciário.

As páginas da JFCE Sustentável convergem e dão continuidade a diversas ações voltadas para a gestão ambiental e o desenvolvimento sustentável, no âmbito da Justiça Federal no Ceará, que conciliam as dimensões jurídica, administrativa, econômica, ambiental e social. São exemplos: fragmentação e doação de toneladas de papel, obtidas a partir de processos findos, para entidades não governamentais (Gestão Documental); coleta e doação de recicláveis para a Rede de Catadores de Resíduos Sólidos Recicláveis do Estado do Ceará; substituição de lâmpadas fluorescentes por lâmpadas de LED (Central de Conciliação); descarte consciente de pilhas e baterias; incentivo ao uso de bicicletas e à carona solidária, contribuindo para um trânsito mais saudável e com a qualidade de vida do servidor.

Até pouco tempo, a temática ambiental era vista como “aumento de custos”. Hoje, a gestão socioambiental é reconhecida como área estratégica e impacta na redução de despesas e em uma maior eficiência na aplicação dos recursos econômicos. No Serviço Público, em especial, identifica-se um grande esforço conjunto para promoção de iniciativas transformadoras, com o fim de propor a reeducação, a redução de consumo e a definição de critérios sustentáveis para as aquisições de materiais, bens e serviços. As organizações, sobretudo públicas, têm um papel fundamental e uma contribuição significativa a dar, por serem criadoras e operadoras de processos de produção e consumo, que demandam muitos recursos e, em geral, causam grande impacto no meio ambiente.

Não à toa, a JFCE editou o Plano de Logística Sustentável (PLS-JFCE), visando à promoção da cultura do uso racional de recursos e à incorporação de práticas desustentabilidade. O PLS-JFCE estabelece condições para o planejamento continuado da responsabilidade socioambiental como atributo de valor, definindo obrigações, pautando ações, metas, prazos de execução, mecanismos de monitoramento e avaliação dos indicadores com periodicidade definida, estando, ainda, vinculado ao Planejamento Estratégico do Poder Judiciário. Assim, a JFCE, juntamento com o TRF5 e demais Seccionais, espera contribuir de forma efetiva para uma mudança de cultura institucional, no que tange ao consumo consciente, à gestão de resíduos e ao exercício da cidadania, focando esforços para vislumbrar um futuro economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente correto.

 

Portaria DIRFORO nº553/2016

Autor: Justiça Federal no Ceará