Mesa-redonda discutirá os caminhos da preservação

 

A água, fonte fundamental que sustenta todos os seres, é constantemente desperdiçada. A iminente escassez desse recurso natural tem mobilizado diversas instituições para discutir as possibilidades de preservação do meio ambiente e dos mananciais. Assim, orientada pelas melhores práticas mundiais de preservação da água, a Justiça Federal no Ceará realiza, em parceria com a Universidade Federal do Ceará, no próximo dia 16 de junho, o Encontro das Águas – uma mesa-redonda que discutirá a importância e os caminhos da preservação. Coordenado pela juíza federal Germana Moraes, professora e criadora da disciplina "Direito das Águas" na UFC, o evento contará com a participação de nomes locais e internacionais referências em projetos e políticas das águas.

 

Dentre os debatedores, Fernando Huanacuni, um dos formuladores da política das águas boliviana e da filosofia do "Bem Viver", trará a palestra “Água como fonte de vida - Política das Águas na Bolívia”; Moncho e Paloma Aguilar, da ONG Pachamama, com exposição da Caravana das Águas; André Facó, conselheiro de administração da Cagece, apresentando o projeto Águas no Ceará; e o juiz federal Glêdison Marques Fernandes, em exposição sobre o Projeto Aproveitamento de Água Condensada na JFCE.

 

O Encontro das Águas é uma realização conjunta da Justiça Federal no Ceará e da Universidade Federal do Ceará, por meio do Projeto Uniáguas, e conta com o apoio da ONG Pachamama e da Caravana das Águas . O evento acontece a partir das 14h, no auditório do edifício-sede da JFCE, no Centro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .